Posts

Como se prevenir do câncer de próstata?

Você sabia que o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum no sexo masculino? E que ele costuma atingir quem tem mais de 50 anos? A idade, a genética e outros fatores de risco podem aumentar as chances de tê-lo.

Por isso preparamos este post, com informações sobre as características deste câncer e as melhores formas de conseguir se prevenir contra ele. Não perca!

 

Como o câncer de próstata funciona?

            Normalmente, este tipo de câncer se desenvolve silenciosamente. Nas suas primeiras fases, ele não apresenta nenhum tipo de sintoma. Por isso mesmo é um dos mais perigosos.

Sentir que a bexiga nunca está totalmente vazia, ter problemas para urinar e perceber sangue na urina são pistas de que o câncer já está em um de seus estágios avançados.

Dores nos ossos, como nas costas, pode indicar que o tumor está realizando a metástase, ou seja, está se espalhando pelo corpo e crescendo ainda mais. Isso quer dizer que este estágio já é um dos piores.

Para conseguir ser bem-sucedido no tratamento é necessário realizar o diagnóstico precoce, de preferência quando ainda não existem sintomas. Isso é possível se você fizer o exame de toque de seis em seis meses para conferir se tudo está bem.

Alguns homens ainda têm preconceito com esse exame e acabam negligenciando sua saúde. Por essa razão, infelizmente quando descobrem o câncer pode ser tarde demais.

Por outro lado, o câncer de próstata tem sido cada vez mais pesquisado e estudado, por isso estão sendo encontradas melhores formas de se fazer o tratamento, de aliviar seus efeitos e de melhorar a realização do diagnóstico.

 

Como se prevenir do câncer de próstata?

            Veja abaixo algumas dicas de como ficar longe dos grupos de riscos do câncer de próstata:

 

1 – Tenha uma dieta alimentar saudável e equilibrada

            Procure sempre comer muitas frutas e vegetais todos os dias e evite consumir alimentos muito gordurosos. Além de ser um fator de prevenção contra este tipo de câncer (e de outros), ter uma dieta saudável é bom para o organismo de diversas formas.

Os vegetais especialmente contêm em suas propriedades nutricionais muitas vitaminas e nutrientes essenciais para o bom funcionamento orgânico, assim como para proteger a próstata de ameaças e crescimentos indesejados.

 

2 – Faça exercícios físicos

            Realizar nem que seja meia hora de atividades físicas por dia já ajuda a deixar a vida mais saudável e melhora o bem-estar e a disposição. Além disso, a prática de exercícios ajuda a diminuir os riscos de desenvolvimento do tumor na próstata.

 

3 – Mantenha um peso saudável

            É um fato que a obesidade e o sobrepeso estão ligados a maiores chances de ocorrência do câncer de próstata. Os itens preventivos que citamos acima ajudam muito a perder peso e a mantê-lo equilibrado.

 

4 – Faça o exame de toque retal

            Consultar seu médico é essencial, assim como é fazer o exame sempre que indicado. Dessa forma você consegue descobrir com muita antecedência a presença de qualquer problema.

 

Ficou alguma dúvida? Se identificou com algum dos sintomas? Busque um médico para lhe esclarecer tudo!

 

CMI – Clínica Médica Integrada – conta médicos especializados em Urologia para tratamento do Câncer de Próstata, entre em contato e agende uma consulta.

Unidade Diadema:
Telefone: 011 2375-1217
Whatsapp: 011 94729-1127

Unidade Ipiranga:
Telefone: 011 2628-0612
Whatsapp: 011 94729-1127

Como se prevenir contra o câncer de mama?

Infelizmente o câncer de mama é uma das maiores causas de mortes em mulheres em todo o mundo. Por isso ele tem recebido atenção dos órgãos de saúde, mas ainda assim o número de casos é crescente.

Por isso é importante investir em prevenção. Só assim será possível detectar a doença no início, quando as chances de cura são muito elevadas. É importante saber que existem formas de:

  • Detectar a doença quando ela ainda está no início.
  • Prevenir efetivamente este mal.
  • Cultivar hábitos que podem colaborar para que a doença não apareça.

Quer saber mais a respeito? Confira!

 

Detectando a doença ainda está no início

É muito importante que a mulher faça exames periódicos. É através deles que muitos problemas podem ser descobertos e tratados em seu início, causando muito menos sofrimento.            No caso específico do câncer de mama, os principais exames são:

 

  • Autoexame

A mulher, através do autoexame, aprende a conhecer seu próprio corpo. Se perceber alguma alteração, como uma área dura, um abaulamento ou uma retração, é muito importante consultar um especialista.

 

  • Mamografia

A recomendação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja feita em todas as mulheres entre 50 e 69 anos, pelo menos a cada dois anos.

Mas nos casos em que haja um histórico familiar ou quando o médico achar indicado, pode ser feita antes.

 

Prevenindo o aparecimento da doença

Caso você faça parte do grupo de risco para desenvolver a doença, existem alguns medicamentos que podem reduzir as chances do seu aparecimento.

O mais indicado procurar seu médico e buscar  informações se tais drogas podem ser úteis para o seu caso.

Quimioprevenção é o nome dado ao uso de medicamentos com a finalidade de reduzir o desenvolvimento da doença. Eles fazem o bloqueio hormonal da produção de estrogênio nas células mamárias, logo, podem reduzir o risco do câncer de mama.

Vale ressaltar que devem ser administrados por um período de 5 anos para obter os resultados desejados.

É muito importante avaliar seus benefícios, assim como seus efeitos colaterais para decidir, juntamente com seu médico, se vale ou não a pena fazer uso de tais medicamentos.

Nos casos de mulheres que apresentem alto risco do desenvolvimento da doença, uma alternativa é o tratamento cirúrgico, através da remoção total das mamas ou ovários.

Vale lembrar que a cirurgia não é capaz de prevenir completamente o câncer, pois algumas células cancerígenas ainda podem permanecer no corpo da mulher.

 

Cultivando hábitos que podem colaborar para que a doença não apareça

A mudança de hábitos também pode ser essencial para prevenir o aparecimento da doença. Veja alguns hábitos que você pode adotar:

 

  • Manter uma alimentação equilibrada

Alguns alimentos devem ser evitados, principalmente os enlatados, carnes processadas e embutidos, por conterem muitos conservantes e aditivos químicos.

Por isso, dê preferência aos vegetais, frutas, legumes, verduras, carnes magras e alimentos ricos em fibras e minerais.

 

  • Prática de exercícios físicos

Saiba que a prática de exercícios físicos regulares diminui cerca de 1/3 o risco de desenvolver câncer de mama. Procure fazer algum exercício físico, pelo menos, 3 vezes por semana por cerca de 30 a 40 minutos.

 

  • Evitar o cigarro

Além de o cigarro ser a principal causa de câncer de pulmão, também é um fator de risco importante para o câncer de mama.

 

  • Não ingerir álcool em excesso

De acordo com o INCA, o uso excessivo de álcool aumenta o risco de câncer de mama e pode piorar se este for associado ao cigarro.

 

A prevenção desta doença tão temida pelas mulheres passa principalmente pelos exames periódicos e pelo cultivo de hábitos saudáveis.

Para aquelas que sabem que possuem uma probabilidade muito maior de desenvolver o problema, o uso de medicação pode ser indicado e outras técnicas pode ser estudado.

O importante é não descuidar da sua saúde. Só assim você poderá continuar se mantendo ativa e cuidando do seu corpo.

CMI – Clínica Médica Integrada – conta com médicos especializados em Mastologia, entre em contato e agende uma consulta.

Unidade Diadema:
Telefone: 011 2375-1217
Whatsapp: 011 94729-1127

Unidade Ipiranga:
Telefone: 011 2628-0612
Whatsapp: 011 94729-1127